Oficiais de Justiça contabilizam 57 mortes pelo coronavírus



Os Oficiais de Justiça contabilizam 57 mortes pela Covid-19, ocorridas entre 31 de março e o dia 3 de abril.

Na quarta-feira (31), o Oficial aposentado do TJSP Almiro Correia de Rezende não resistiu às complicações da doença. Segundo a Aojesp, o aposentado atuou na comarca de São José do Rio Preto.

Também aposentado do TJSP, Deoclecio Xavier Dias faleceu na quinta (1º) pela contaminação do coronavírus. Além dele, o Oficial Ricardo Roberto dos Santos, de 72 anos, faleceu no mesmo dia pela Covid.

Recém aposentado, Santos era servidor do TJMT, lotado na comarca de Cuiabá. De acordo com o Sindjus-MT, ele estava internado desde o dia 17 de março para o tratamento.

No último sábado (03), o Oficial do TJRS Osmar Rubens Mieres Rios, de 67 anos, não resistiu à contaminação do vírus. Ele também era aposentado e atuou nas comarcas de Santana do Livramento, Itaqui e São Borja.

Até o momento, 57 Oficiais de Justiça federais e estaduais tiveram a morte confirmada pela infecção do novo coronavírus. Levantamento realizado pela Fenassojaf mostra que, entre 30 de março de 2020 e 31 de março de 2021, 54 Oficiais não resistiram à doença.

Neste ano, são 24 mortes confirmadas no oficialato. Somente em março, 15 Oficiais perderam a vida por complicações da Covid, onze somente na última quinzena do mês.

A Assojaf-MG lamenta os registros e reafirma a importância dos Oficiais de Justiça se manterem resguardados até que haja vacina para todos.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo com a Fenassojaf